Esta apresentação multimídia parte da ideia de live looping: instrumentos tradicionais como guitarra e baixo são sampleados ao vivo, construindo as bases musicais camada por camada. Cantores e instrumentistas foram gravados em suas próprias casas e participam durante o show em duas telas de projeção sincronizadas. Assim, inverte-se o que é comum em apresentações que integram canção com música eletrônica: as bases são criadas ao vivo para uma voz que já está pré gravada.

Com participações de Eddu Ferreira, Romulo Fróes, Maurício Orsolini e Arrigo Barnabé.